quinta-feira, 16 de abril de 2009

Cozinha + planejamento = $uce$$o



Olá amigos leitores, bom dia!

Falando no "Arroz com Feijão".
Ontem durante jantar de um curso para formação de gestores de restaurantes, ouvi uma frase que por si só traduz tudo. Uma pessoa do curso, que acabou de abrir seu restaurante, muito bem montado por sinal o qual já visitei algumas vezes, comentou que comprara um determinado detergente para limpeza de louças e panelas, pelo preço, mas que já no primeiro frasco notou que não valia nada, ou seja, não cumpria seu desígnio. Isto significa que o valor investido no produto - por ser mais barato - terá que ser re-investido em nova compra, da outra marca que custa mais, mas pelo menos limpa. A colega finalizou: O barato sai caro... E assim o é com tudo, principalmente em nosso segmento, não vai adiantar comprar aquele fogãozinho que custa a metade do preço ou o detergente mais barato, ou mesmo contratar o funcionário sem capacitação técnica e pagar um salário mais baixo. Tudo levará a um gasto que superará em algo próximo a 30% em média o gasto que você teria ao comprar os melhores produtos ou contratar profissionais capacitados. Infelizmente muitos empreendedores ainda hoje não percebem este equívoco e por isto reclamam que "Abrir um restaurante sai muito caro", ou "O custo é muito elevado".
Empreender sem consultar especialistas no segmento resulta no seu dinheiro, tempo e trabalho indo para o lixo.
A manhã tem mais...

Um comentário:

  1. Rosane Vidinhas Valim21 de abr de 2009 01:23:00

    Tudo que rodeia a alimentação tem que ser feito com responsabilidade.Assim, fabricantes de talheres precisam se preocupar mais com a forma como estes utensílios serão limpos do que com seu design.Um fabricante de detergente jamais esquecer além da eficácia do produto das questões do meio ambiente.Seriedade e profissionalismo.Portanto, nem sempre um produto pode custar barato.
    Rosane Vidinhas Valim
    Nutricinista

    ResponderExcluir